Linha do tempo e de produtos

A linha do tempo
1950
Lançamento do picolé de maracujá.
1964
Lançamento do KIBONBON, sorvete de coco em caixinha.
1974
Os tijolos ganham status de sobremesa fina com o lançamento de Charlotte, Kapuccino, e Spumoni.
1978
Lançamento da linha Doces Brasileiros com os sorvetes Kindim e Kimanjar Branco, que reforçam o conceito do produto como sobremesa.
1979
A marca investe no público jovem, freqüentador de lanchonetes, com os picolés Banana Ki-Split, Milk-Shake e Sundae.
1982
Lançamento da linha de embalagens decoradas. Eram seis latas pintadas com motivos art nouveau. O grande sucesso leva a uma nova coleção, com 12 latas assinadas pelo artista plástico Aldemir Martins.
1984
A KIBON lança novos acompanhamentos para sorvete. A linha, que já atendia a lanchonetes e sorveterias, ganha embalagens menores para consumo doméstico. Ela inclui coberturas, complementos (marshmellow e castanha de caju) e xaropes para milkshakes.
1987
O clássico Eskibon sai de linha quando os equipamentos que o produzem, obsoletos, são aposentados. O sorvete voltaria no ano seguinte, graças a máquinas mais modernas, com o slogan “Algumas coisas são realmente insubstituíveis. Eskibon só tem um”.
1989
Lançamento da nova linha Frutilly, picolés de frutas recheados com creme, dirigida ao público infantil.
1990
Lançamento da linha Diet Form, para consumidores preocupados com a manutenção do peso.
1991
Os picolés de fruta passam a integrar a família Fruttare, e a assinatura Suco de Fruta no palito é aposentada. Uma nova campanha destaca os sabores da linha, com atenção para Limão, que tem o melhor desempenho na categoria.
2000
O verão chega com lançamentos infantis, como os picolés Eureka, Cérebro, Big Stick, Risque e Rabisque e a linha Zooado.
O sorvete Cornetto estréia novos sabores e versões em copinho.
2002
A KIBON inova o segmento de sorvetes em máquina com o lançamento do Cornetto Kibon Express. O equipamento, desenvolvido especialmente pela empresa, permitia ao consumidor montar seu Cornetto na hora, em shopping centers e cadeias de lanchonetes.
2003
A KIBON introduz no Brasil a linha de sorvetes Carte d’Or, com sobremesas mais sofisticadas.
No fim do ano, em parceria, KIBON e Bauducco lançam KIBON Chocottone, panetone com gotas de chocolate, recheado com sorvete Chicabon.
2004
Lançamento de Cornetto Aphrodiziac, uma edição limitada com três sabores, cada um representando uma etapa da paquera.
Lançamento do KIBON Ades, sorvete com os mesmos sabores e valores nutricionais da bebida à base de soja da Unilever.
Inspirada em desenhos animados de grande audiência entre as crianças, a linha infantil traz novidades como os picolés KIBON Bob Esponja Patrick e KIBON Yu-Gi-Oh!, este último com plastito – palito de plástico flexível – na inovadora cor preta.
2005
A KIBON se une à Adams e lança o picolé KIBON Bubbaloo, o primeiro sorvete com o sabor original do chiclete.
Lançamento do Chicabonzinho, versão menor do tradicional Chicabon, para o público infantil.
2006
Lançamento do KIBON Cornetto em barra: estréia da linha em formato diferente do Cone.
Lançamento de KIBON Sorvete de Chocolate em versão light para sorveterias, primeiro da categoria. Sem açúcar, ele contém 63% menos calorias e 73% menos gordura que o tradicional.
A KIBON elimina a gordura trans – gordura vegetal hidrogenada que aumenta o risco de infarto, derrame e diabetes – de todos os seus produtos.
2007
Lançamento do KIBON Napolitano em picolé, em edição limitada de inverno. O sabor, um dos mais vendidos entre os potes de 2 litros, chega para segurar a tendência de queda no consumo de sorvetes no inverno.
Lançamento do KIBON Leite Condensado, em edição limitada.
Lançamento do KIBON Refresh, picolés nos sabores Lima-Limão, Groselha e Laranja, nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, com preço mais acessível.
Lançamento da edição limitada KIBON FIESTA, oferecendo potes de 2 litros em duas variantes, com três sabores cada: Brigadeiro, Beijinho & Brigadeiro de Morango e KIBON 3 Chocolates (meio amargo, branco e ao leite).
Primeira empresa do mercado a lançar sorvetes com 70% leite na formulação. Para se ter uma idéia, duas bolas de sorvete (60gr cada) possuem a mesma quantidade de cálcio que um copo de leite – ou seja, 20% da necessidade diária que deve ser ingerida em uma dieta equilibrada. Napolitano, Creme e Flocos – foram os três primeiros carros-chefe da linha a contar com essa formulação. No ano seguinte foi a vez dos sabores Morango, Carioca, Coco e Abacaxi, Passas ao Rum e Chocolate.
Lançamento, em dezembro, do picolé GUARANÁ ANTARCTICA, em associação com a Ambev. O produto surpreendeu vendendo 4.5 milhões de unidades em apenas um mês.
2008
Lançamento, em parceria com a Kraft Foods, da versão em sorvete 2L dos bombons Sonho de Valsa e Ouro Branco.

Postado por Giamile Rossato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: