Anúncio Kibon + Ambev

junho 18, 2009

No post passado falei sobre a parceria entre Ambev e Kibon….vejam agora o anúncio do lançamento tão esperado!!!

 guaraná

 

Postado por Laís Libanore

Ponto Forte do produto

junho 18, 2009
Porque sorvete Kibon é seguro e de alta qualidade

Consumir alimentos fora de casa, especialmente quando está quente pode causar alguma incerteza sobre a sua saúde. Uma escolha segura é o sorvete, porque o frio ajuda a manter afastado os microorganismos responsáveis pela degradação dos alimentos. Em particular, o frio não faz água disponível para a vida das bactérias e a atividade de enzimas que degradam alimentos. Além disso, a baixa temperatura de armazenamento a estabilidade do produto ao longo do tempo, porque é desfavorável para o desenvolvimento bacteriano, que é quase zero a -12 ° C e também porque as reações químicas responsáveis pela investigação da perda das características organolépticas e valor nutricional, são muito lentos. Então, frio, é sem dúvida a melhor técnica de conservação em termos de higiene e manutenção do valor nutritivo dos alimentos.
O sorvete da indústria, também graças ao regime especial de cumprimento e uma tecnologia nacional de saúde e muito restritivas, é capaz de assegurar uma elevada qualidade higiênica. Ovos, por exemplo, se você usar em más condições pode ser um veículo de Salmonella, um micro-portador de uma perigosa infecção em alimentos. Este microrganismo é totalmente inativados pela temperatura, que é por isso que quando uso industrial só ovos pasteurizados, que foram então tratados antes de aquecer. O mesmo se passa para o leite, cujo tratamento de pasteurização e processamento do leite em pó pode ter um produto microbiologicamente seguros e ainda mantém as suas qualidades nutritivas valiosas. Começamos então a partir de um produto seguro higiênico, que graças à embalagem e frio é garantido também pela contaminação posterior.

Postado por Giamile Rossato

Dieta a base de sorvete

junho 18, 2009
A forma de colocá-lo em uma dieta equilibrada

Todo mundo sabe que comer sorvete é um prazer, mas talvez nem todos saibam que é um prazer que alimenta. Temos de nos lembrar do sorvete como alimento em si, capaz de fornecer nutrientes importantes, essenciais para o crescimento e manutenção do nosso corpo.
Todo dia você tem que comer, porque nosso corpo está em constante renovação e necessidades diárias de tijolos (proteínas, cálcio, fósforo, etc), combustível (gorduras e carboidratos) e os “instrumentos” (vitaminas, minerais, água, etc) para sustentar vida. O sorvete nos dá importantes nutrientes, como proteínas, açúcares, vitaminas e cálcio, que ajudam a garantir a cobertura das necessidades diárias de determinados nutrientes e, assim, para compor uma dieta equilibrada e saudável, como aliás é observado na tabela a seguir.

Nutrientes
  sorvete de chocolate (100 gramas)
  Cobertura das necessidades diárias *
  frutas congeladas (100 gramas)
  Cobertura das necessidades diárias *
 
      
Energia (kcal)
  215
  11%
  178
  9%
 
Proteína (g)
  3,8
  6%
  3,5
  6%
 
Carboidratos (g)
  27,0
  10%
  24,7
  9%
 
dos quais Açúcares (g)
  27,0
  39%
  23,7
  34%
 
Gordura (g)
  11,0
  17%
  8,0
  12%
 
Ácidos gordos saturados (g)
  6,8
  45%
  5,0
  33%
 
Colesterol (mg)
  34,0
  13%
  26,0
  10%
 
Fibra (g)
  1,2
  5%
  0,0
  0%
 
Vit A (mcg)
  119,0
  17%
  121,0
  17%
 
Vitamina E (mg)
  0,3
  3%
  0,2
  2%
 
Vit C (mg)
  0,0
  0%
  1,0
  2%
 
Tiamina – B1 (mg)
  0,04
  3%
  0,04
  3%
 
Riboflavina – B2 (mg)
  0,19
  12%
  0,26
  16%
 
Niacina (mg)
  0,20
  1%
  0,20
  1%
 
Fósforo (mg)
  107,0
  13%
  99,0
  12%
 
Cálcio (mg)
  109,0
  14%
  110,0
  14%
 
Ferro (mg)
  0,9
  9%
  0,5
  5%
 
Zinco (mg)
  0,6
  6%
  0,4
  4%
 
Sódio (mg)
  76
  3%
  61
  3%
 
Potássio (mg)
  249
  7%
  180
  5%
 
      
* Avaliado em um requisito energético de 2000 kcal para um adulto
Postado por Giamile Rossato

Kibon + Ambev

junho 18, 2009

Na primeira semana de dezembro de 2007, chegou nas lojas custando R$ 1,70, o primeiro picolé Kibon Guaraná Antarctica. Foi uma parceria entre a Kibon e Ambev.
Esta ação é chamada de “co-branding” pelo mundo do marketing – quando duas marcas se juntam num único lançamento. A meta das companhias é reforçar na mente do consumidor que se trata de marcas em constante busca por inovações. Mais do que isso: o objetivo é aproveitar as vendas sazonais do verão, pois o período entre o fim de novembro e o fim de março concentra 70% do comércio de sorvete do tipo picolés e cones (porções individuais).kibom01

Não precisa nem dizer que foi um tremendo sucesso né?

Postado por: Laís Libanore

Sessão Nostalgia

junho 18, 2009

Andando pela net encontrei este anúncio super antigo da Kibon.

Kibon_dg214-1971_tcm95-101467

Aproveite e compare com os atuais!!!!

Postado por: Laís Libanore

Para gestantes e atletas

junho 18, 2009

Podemos até tentar incentivar públicos que praticam atividades físicas e mulheres grávidas a consumirem sorvetes:

Para aqueles que praticam atividade física: durante a atividade fícisa o corpo aumenta a procura de energia e de determinados nutrientes, vitaminas minerais, carboidratos e proteínas. E o sorvete é rico nestas substâncias, uma ótima saída para os atletas.

 

Assim como as gestantes: um dos mais populares desejos da gravidez são por doces e em especial, sorvetes. O sorvete é um alimento que pode ser devidamente inserido da dieta durante a gravidez, porque fornece nutrientes importantes. Os sorvetes feitos especialmente a partir do leite são uma boa fonte de proteína de alta qualidade, além de fósforo e cálcio.

Postado por Giamile Rossato

Consumidor

junho 18, 2009

Um dos grandes lances deste segmente é que eles investem e direcionam suas campanhas para todas as idades, sem distinções.

No site da Algida é reforçado que o sorvete faz bem para todos aqueles que gostam e é um alimento adequado para todas as idades, porque, além de ser um prazer, é de fácil consumo e tem uma rápida energia digestível.

Crianças

O sorvete é um grande prazer para as crianças e uma boa fonte de energia e nutrientes importantes. Durante o crescimento a criança tem uma maior necessidade de nutrientes que apoiam o bom desenvolvimento de órgãos e tecidos: os chamados nutrientes “modelos”, tais como proteínas e cálcio. Sorvetes tem um elevado teor de leite, que é uma excelente fonte de proteína e cálcio.

Adolescentes:

As crianças são os maiores consumidores deste alimento. Eles aprenderam a extrair energia e nutrientes, mas também tem uma parcela de prazer. Sorvete contribui para proporcionar uma elevada qualidade de proteínas e cálcio, dois nutrientes que, durante o crescimento, temos uma necessidade específica.

Adultos:

O poder na idade adulta é o de ajudar o organismo a permanecer eficiente e de boa saúde e para fornecer energia para as atividades diárias.

Postado por Giamile Rossato

Kibon x Rochinha

junho 18, 2009

rochinha

 

Em 2005, uma empresa brasileira de pequeno porte lutou bravamente para conquistar o mercado paulistano de sorvetes. Porém a Unilever não deixou barato: acionou oficiais de justiça para retirar geladeiras do concorrente nos pontos de venda, como padarias de bairro e lojas de conveniência, com base na relação contratual de exclusividade.

Este é uma das diversas concorrentes que a Kibon tem que enfrentar, porém nenhum chegou ao seu padrão de sabores e delícias.

Kibon e o sorvete que mais faz sucesso no Brasil!!!

Postado por: Laís Libanore

Algida – marca da Kibon na Itália

junho 18, 2009
Algida nasceu pós-guerra assim como a Kibon. O primeiro produto foium Vanilla Ice foi coberto com creme de cacau: ele foi chamado ao Kremlin.

Desde então, a marca Algida, que hoje pertence à multinacional Unilever, torna-se sinônimo de qualidade e de inovação, espalhando-se de geração em geração, para os momentos do nosso verão.

Vemos que a marca Algida investe muito mais em sorvetes para o verão do que para o inverno como a Kibon ja vem fazendo no Brasil.
Existem categorias interessantes nesta filial que podem ser trazidos a adaptadas ao consumidor brasileiro.

Uma ampla rede de distribuição é capaz de servir cada local da Itália e assegurar o cumprimento de todas as leis “frio”, o produto é transportado para a melhor temperatura até as prateleiras dos pequenos comerciantes, mantendo suas características qualitativas.

A rede leva as suas melhores características e qualidades em todo o mundo, sempre junto com a marca desenvolvida em cada novo país.
Postado por Giamile Rossato

Kibon transfere parte da produção em 2005

junho 18, 2009

Em 2005 a Unilever informou que em um prazo de 12 meses, precisará fechar a fábrica de sorvetes Kibon, instalada em São Paulo. A unidade ficava no bairro do Brooklin, região sul da capital.

Toda a produção foi transferida para duas outras unidades, em Valinhos, no interior de São Paulo – onde a Unilever mantém um complexo industrial -, e em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (PE), onde fica a produção de picolés.

A fábrica de São Paulo era responsável pela produção do sorvete de massa.
A maior parte da produção (80%) foi transferida para Valinhos. O restante para Jaboatão.

Para justificar a decisão, a empresa alega que a localização da fábrica impedia os investimentos em expansão e modernização industrial. Outro problema era limitação da logística de distribuição em São Paulo.

A Unilever afirmou que a medida afetou 343 pessoas, todas ligadas à área fabril.

Para reduzir a resistência à decisão, a Unilever antecipou-se e anunciou que irá oferecer “ao final do processo”, para os trabalhadores que ficarem na unidade até o fim dos 12 meses, apoio para recolocação no mercado de trabalho, abonos adicionais, ampliação da assistência médica, seguro de vida em grupo e treinamento profissionalizante para “melhorar a empregabilidade”. A empresa diz ainda que tentará recolocar os trabalhadores em outras unidades ao longo desse período.

Fonte: http://www.achanoticias.com.br/noticia.kmf?noticia=3570763

Postado por: Laís Libanore